Abercrombie & Branding

por @marcoshiller

Quando te perguntarem qual a origem do NOME de uma marca qualquer e você não souber, recomendo que responda sempre o seguinte: “a origem do nome dessa marca é o sobrenome de seu criador”. Certamente você não irá errar, pois é assim que acontece com a maioria das marcas que conhecemos. Eis alguns exemplos: Bauducco, Adidas, Bic, Nestlé, Colgate, Ford, Trevisan, Renner, Kellog’s, JBS, etc. O nome de todas essas marcas é sobrenome de seu fundador.

Na indústria da moda então, creio que esse percentual cresce para uns 90% dos casos. Vejamos: C&A, Dolce & Gabanna, Calvin Klein, Tommy Hilfiger, Valentino, Dior, Stella McCartney, Alexander McQueen, entre outros vários. E nessa indústria da moda, que movimenta cifras bilionárias no mundo hoje, uma marca em especial faz um trabalho de Branding de forma fantástica: a Abercrombie & Fitch. Adivinhem a origem do nome??? é o cara que a inventou? Em partes: Abercrombie é o sobrenome do Sr. David Abercrombie, o fundador da marca. Já Fitch é o sobrenome de Erza Fitch, simplesmente uma das primeiras clientes da loja.

A Abercrombie & Fitch começou como uma pequena loja de fábrica no dia 4 de junho de 1892 na Lower Manhattan em Nova Iorque. Essa marca vem ganhando um brilho no varejo de moda. As lojas da marca, mais precisamente a loja localizada no coração da Quinta Avenida em Nova Iorque, é o que eu considero ser “estado da arte” em termos de Branding e construção de marca no ponto de venda. Tudo é cirurgicamente pensado: o cheiro da loja é espetacular e dá muita personalidade à marca, as roupas são lindas, a disposição e a arrumação dos produtos nas prateleira é impecável, os vendedores são muito bem treinados, a música ambiente é impactante, e há modelos da marca desfilando pela loja. Ou seja, todos os ‘touch points’ da marca muito bem planejados e bem calibrado. O resultado não poderia ser outro: loja sempre lotada e com filas dando voltas nos imensos quateirões de Midtown em Manhattan.

Fazer Branding não é um processo simples. Fazer Branding dá trabalho. Fazer Branding pode custar caro. Mas Branding é hoje uma filosofia fundamental para qualquer empresa que almeja sucesso e longa vida. Uma pena que poucas empresas sabem disso. O Seu Abercrombie sabia o que era isso.